Regional

Colégio da PM em Foz passará por processo gradual de transição

| 05/12/2018 - 17:35

Foto: Reprodução

A governadora Cida Borghetti determinou na última terça-feira (5) um cronograma de transição para a implantação do colégio da Polícia Militar em Foz do Iguaçu. A nova escola segue o planejamento estratégico de interiorização dos colégios militares, e deverá migrar de forma gradual para o novo conceito de ensino a partir de 2019.
A nova proposta pedagógica será implantada no Colégio Bartolomeu Mitre, o mais antigo de Foz do Iguaçu (1927). A diferença de transição em relação às demais instituições que a PM está criando se deve a necessidade de adequação de atendimento de alunos surdos e mudos, além do cumprimento de processos e prazos administrativos.
“Temos a proposta de buscar excelência na educação e o bem estar de todos os envolvidos. Neste caso, especificamente, alguns processos pontuais da instituição foram debatidos com o núcleo de educação, professores e pais para que não exista nenhum prejuízo”, explica a governadora.
Cida reuniu-se com a equipe que está atuando no processo para encaminhar uma solução para a instalação do colégio. “O novo colégio é um desejo de toda a comunidade e vai se tornar realidade. Além do ensino de excelência vai proporcionar uma formação social para o aluno”, destacou a governadora.
No próximo ano letivo, a direção da escola já será compartilhada, com a participação da Polícia Militar. A previsão é lançar em maio de 2019 o edital para o processo seletivo de 2020. Em, paralelo, alunos já matriculados passarão a conhecer gradualmente o sistema de ensino da PM e poderão optar por continuar ou não na unidade.
QUALIDADE - A comandante-geral da Polícia Militar, coronel Audilene da Rocha, garante que o novo sistema vai dar oportunidade aos alunos para uma educação de qualidade, com os valores instituídos pela corporação no Paraná. “Vamos fazer uma transição tranquila, sem processos atropelados e que também não prejudique professores e alunos. Nosso objetivo é levar benefícios para a comunidade”, afirmou.
Para a Chefe do Núcleo Regional de Educação de Foz do Iguaçu, Ivone Aparecida Perez Müller, o colégio tem excelente reputação e diariamente a comunidade busca informações para o procedimento de ingresso na nova instituição. “O Colégio da Polícia Militar vai ser uma mola propulsora e passa a ser um exemplo, dentro de Foz do Iguaçu, a ser seguido por todos os outros”, afirmou.
O interior do Estado conta com um Colégio Militar em Londrina e, para o próximo ano, também haverá unidades em Maringá e Cornélio Procópio.
Fonte: Paraná Informações
    SEJA o primeiro a comentar
  • Nome

    E-mail

    Escreva um comentário

Notícias de 'Regional'

Gaeco prende quatro investigadores e um agente de carceragem

Chefe de gabinete da prefeitura é preso pelo Gaeco recebendo dinheiro de empresário

Sistema Fiep premiará ações que contribuem para uma educação de qualidade

Prefeitura apoia projeto do IFPR que levará planetário às escolas

Grande público marcam abertura da Copa Coamo 2019

Inadimplência das empresas teve a menor alta em 18 meses

Empresa incubada no PTI cria aquecedores sustentáveis para aviários da região

Governo do PR repassa informações erradas para a imprensa sobre a data-b

Nova ponte em Foz vai reforçar o comércio entre Paraná e Paraguai

Dois prefeitos lindeiros vencem Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor

Mais Destaques
"Já foram 19 milhões que acessaram o site do Jornal Gazeta de Toledo- ISENÇÃO E VERDADE!"
(Eliseu Langner de Lima - diretor)
Enquete
Tempo Toledo
Cotações
Compra Venda
Dólar comer.
Euro (real)