Artigos

Por que mágoa?

| 05/12/2018 - 20:05

Mágoa é um estado de espírito que nos corrói por dentro e pode evoluir para o rancor.
Este sentimento é tão forte que nos deixa apáticos, tristes, sem vontade de reverter o quadro que o originou ou nos deixa violentos, revoltados e nos indagando, por que?
Ao afirmarmos que nunca ninguém ou nada nos irá magoar, significa que nos achamos fortes, seguros o suficiente acerca dos nossos sentimentos.
É praticamente impossível nos controlarmos o tempo todo e prevermos todas as possíveis reações diante da nossa rotina.
Por que nos magoamos?
Porque somos melindrosos, orgulhosos e criamos expectativas demais em relação aos nossos relacionamentos.
Idealizamos, criamos fantasias, achamos que aquela pessoa que convivemos nunca nos irá magoar, nos entristecer, nos esquecemos que o outro também pode estar esperando isso de você, que também nunca irá magoá-lo e nem entristecê-lo.
Quando nos afastamos de alguém, porque não conseguimos aceitar certas atitudes que não concordamos, vamos criando uma angústia, um desconforto, não conseguimos conversar com a pessoa a respeito, porque não queremos ou porque o outro não manifesta interesse a respeito.
Vai se formando uma bola de neve e cada vez o diálogo fica impossível.
A mágoa é um fator importante para que as famílias se desagreguem.
Palavras não ditas, troca de olhares descontentes, respostas carregadas na revolta e na raiva, vão distanciando umas das outras.
Quando chega neste ponto, o coração fala mais alto e a razão aonde fica?
Não fica, simplesmente não raciocinamos, a dor é nossa, estamos cuidando dela com tanto amor e se ela se for, acabar, como vai ficar o meu coração, vazio? Como sobreviver sem sentir este sentimento ao qual me apeguei durante tanto tempo?
O coração é seu, mas ele habita um corpo que também é seu e que está sentindo os reflexos desta mágoa toda.
Reflita sobre o que aconteceu, reviva todos os detalhes por mais que doa, reviva com toda intensidade possível, todas as vezes que for possível.
Pese os prós e os contras da situação, da pessoa ou das pessoas que te magoaram e se você mereceu o que está acontecendo.
Provocou esta situação? Fingiu que não estava acontecendo nada e de repente resolveu que estava magoada e pronto? Dá para reverter esta situação? Você está disposto(a) a tentar mesmo que ache que não vale a pena?
Pense, que as vezes, palavras, olhares, gestos, atitudes que te magoaram, pode ser o jeito da pessoa ou das pessoas se expressarem, as vezes a situação não foi o que te pareceu ser e se foi algo tão forte, que te deixou marcas físicas e psicológicas, o tempo é o melhor remédio.
Pense em você, no que você está fazendo com a sua vida, escurecendo o seu coração.
Teresa Armando Elios da Silva é assistente social e gestora do terceiro setor. Trabalha há 10 anos com crianças, adolescentes e suas famílias, administrando palestras com temas relevantes, sempre incentivando a busca pelo autoconhecimento e evitando assim, que a família se desagregue.
    SEJA o primeiro a comentar
  • Nome

    E-mail

    Escreva um comentário

Notícias de 'Artigos'

Eles entraram no sepulcro, viram e acreditaram: Cristo Ressuscitou

Família e escola: uma parceria fundamental

Quo Vadis UnB

Jesus morreu na cruz para nos dar vida em plenitude

Profissão professor

Mais pobreza

A VIA PARLAMENTARISTA

A dignidade restituída e a esperança renovada

Os robôs estão chegando!

Assessoria de Imprensa e seu papel fundamental na disseminação responsável de informações

Mais Destaques

Economia

No Mês da Indústria, Sistema Fiep apresentará dimensão de seu trabalho

Política

Funcionalismo estadual entra em greve no dia 29 para exigir a data-base

Esporte

Conheça o massagista Jheison e o auxiliar de comissão técnica Jonh

Estado

Paraná se prepara para o crescimento do uso de carros elétricos

Regional

Maripá adquiriu maquinários com recursos do Governo Federal

Gente X Poder

Licenças ambientais

"Já foram 19 milhões que acessaram o site do Jornal Gazeta de Toledo- ISENÇÃO E VERDADE!"
(Eliseu Langner de Lima - diretor)
Enquete
Tempo Toledo
Cotações
Compra Venda
Dólar comer.
Euro (real)