Cidade

Café Literário tem edição extra com coordenadora de Letras Libras

| 07/12/2018 - 18:00

Café Literário tem edição extra com coordenadora de Letras Libras

No bate papo com as acadêmicas, a docente relatou sobre momentos importantes em seus 33 anos de atuação na educação

Uma edição especial do talk show Café Literário foi gravado pelas acadêmicas Danielly Carolinny Pinheiro Melim e Gisleine Fernanda Alves, do curso de Letras Língua Portuguesa e Libras da FAG Toledo. A entrevistada desta, que é a última edição do ano foi a coordenadora do curso Janice Salvador, que também é coordenadora pedagógica da FAG Toledo. As acadêmicas iniciaram o bate papo resgatando alguns pontos importantes da carreira da docente, que é professora do Ensino Fundamental há 33 anos. Em diversos artigos e na dissertação de mestrado, Janice trabalhou com temas relacionados à violência, infância e educação. “Esses anos de experiência lecionando me fez perceber e tomar conhecimento de muitos dramas e dificuldade vividos por estas crianças. A literatura permite que elas compreendam o que elas sentem, o que acontece com elas e também para que elas aprendam a lidar com estas situações. Fiz uma busca na literatura sobre como a questão da violência vinha sendo trabalhada e na minha dissertação de mestrado fiz uma recuperação histórica do conceito de infância, porque as crianças sempre existiram, mas o conceito de infância não”, explica.

A partir desta pesquisa, a docente chegou a várias reflexões importantes, já trabalhadas com os estudantes de graduação na FAG Toledo. “Percebemos que a violência vem desde muito cedo como matéria da literatura infantil e juvenil e auxilia os leitores para que eles se conheçam, conheçam o outro e aprendam a lidar com estas situações conflituosas”, lembra.
Durante a entrevista, as acadêmicas lembraram uma frase que marcou uma das aulas de Literatura Brasileira, onde Janice afirmou que a infância não é o melhor momento da vida. “Existe certa ilusão sobre a infância, que é alimentada porque não temos a menor possibilidade de retornar ao passado e nos faz criar uma relação romantizada da infância, uma fuga do que seria o momento ideal da nossa vida”, reflete.
Janice também relatou sobre outros pontos de sua carreira docente, do Ensino Fundamental ao Superior e também sobre sua recente carreira na política. A docente também é vereadora do município de Toledo.
A entrevista completa deverá ser lançada na próxima semana no Youtube e na página do Facebook Letras Libras: As nossas línguas e em outras redes sociais dos acadêmicos. Nestes dois ambientes virtuais estão disponíveis todos os programas do projeto realizado em 2018.
Fonte: Alvaro Soares, assessor de imprensa da FAG-Toledo
    SEJA o primeiro a comentar
  • Nome

    E-mail

    Escreva um comentário

Notícias de 'Cidade'

Investimentos em galerias pluviais melhoram escoamento de água no município

Nova escola do Jardim Porto Alegre está sendo construída

Coamo recebe Moção de Aplausos da Câmara Municipal de Toledo

Expedição avalia impacto do clima na soja precoce

'Estudei em casa e tirei mil', diz aluna que alcançou nota máxima na redação do Enem

Comitiva de Toledo participa de evento “Cidades Inteligentes” em Foz do Iguaçu

Colégio La Salle oferece colônia de férias com foco em robótica

Férias em Toledo: Conheça algumas opções de lazer na natureza

Prati-Donaduzzi inicia 2019 com 150 vagas de emprego

Toledano Lucas Lóh comemora 28 anos e a ótima fase na carreira

Mais Destaques
"Já são 17 milhões de acessos no site do Jornal Gazeta de Toledo. Junte-se a quem de fato é lido - invista em propaganda onde sua marca ficará visível 45 9.91339499"
(Eliseu Langner de Lima - diretor)
Enquete
Tempo Toledo
Cotações
Compra Venda
Dólar comer.
Euro (real)