Artigos

Férias para praticar atividade física ou para se divertir?

| 18/12/2018 - 20:00

A chegada das férias escolares é motivo de comemoração por parte das crianças e de preocupação por parte dos pais. Enquanto filhos sonham com as horas que poderão passar em frente à televisão ou computador, os pais perdem o sono aflitos com as consequências que uma vida fisicamente inativa pode trazer a seus pimpolhos.
Em uma era em que a internet proporciona acesso ilimitado a lazer sem sair do quarto, os índices de sedentarismo e obesidade infantil crescem exponencialmente entre crianças e adolescentes. Segundo dados da Organização Mundial de Saúde (OMS), toda criança ou adolescente, entre 6 e 17 anos, que pratique menos de 300 minutos de atividade física por semana já é considerado sedentário. A conta é simples e a meta fácil de atingir: basta realizar 60 minutos ou 1 hora de atividade física por dia de segunda a sexta-feira para fugir dessa estatística.
E as férias escolares são uma excelente oportunidade para começar. Não é preciso fazer uma escolha entre praticar atividade física ou se divertir. Com um pouco de criatividade e disposição é possível ter algumas horas de diversão colocando o corpo para se movimentar.
Vale pular corda, brincar de pega-pega ou pique-esconde, dar uma volta de bicicleta com a galera pelo condomínio, praticar habilidades sobre o skate ou patins ou até queimar calorias com jogos eletrônicos que simulam esportes.
A participação dos pais nesses momentos é fundamental e muito bem-vinda. Afinal, a educação mais efetiva se dá por meio do exemplo. Com organização é possível dedicar um tempo a melhorar a convivência familiar programando uma caminhada no parque, um futebol na areia da praia, uma tarde na piscina do clube ou algumas horas num ginásio de escalada indoor, atividade física que tem conquistado cada vez mais adeptos de todas as idades.
Outra opção são as colônias de férias. Oferecidas por clubes e outras instituições, elas mesclam brincadeiras ao ar livre e na piscina com esportes de quadra e outras atividades de lazer. Além de manter uma rotina ativa, proporcionam às crianças interação social e novas amizades.
Os benefícios de férias com mais horas de brincadeiras ao ar livre são inúmeros. Desenvolvimento da coordenação motora, conhecimento do próprio corpo, tonificação da musculatura, fortalecimento dos ossos e controle do nível de açúcar no sangue e da pressão arterial são apenas algumas das contribuições para o físico dos pequenos. No emocional, a prática de atividade física através do brincar impulsiona o desenvolvimento cognitivo e social, melhora a autoestima e a concentração e contribui para a formação da personalidade, tornando a criança mais preparada para enfrentar desafios.
O ideal é deixar as horas em frente à televisão ou de navegação pela internet para os períodos da noite, quando o corpo precisa entrar num estágio de relaxamento para uma boa noite de sono. Em 2016, a Academia Americana de Pediatria divulgou novas diretrizes referentes ao tempo de exposição de crianças e adolescentes a telas de computadores e celulares. Segundo os dados, para crianças entre 2 e 5 anos de idade o tempo não deve ultrapassar 1 hora diária. A partir dos 6 anos, o tempo de exposição pode aumentar gradativamente, mas nunca deve ser superior ao período dedicado à prática de atividades físicas e ao sono.
Num mundo cada vez mais digital, manter uma rotina ativa e saudável estimulando as crianças a brincarem ao ar livre e praticarem atividade física diária é um grande desafio para pais e educadores. Que tal dar o primeiro passo nessas férias escolares?
Fernanda Letícia de Souza é professora nos cursos de Licenciatura e Bacharelado em Educação Física do Centro Universitário Internacional Uninter.
    SEJA o primeiro a comentar
  • Nome

    E-mail

    Escreva um comentário

Notícias de 'Artigos'

Eu creio, Senhor, mas aumentai a minha fé

Eles entraram no sepulcro, viram e acreditaram: Cristo Ressuscitou

Família e escola: uma parceria fundamental

Quo Vadis UnB

Jesus morreu na cruz para nos dar vida em plenitude

Profissão professor

Mais pobreza

A VIA PARLAMENTARISTA

A dignidade restituída e a esperança renovada

Os robôs estão chegando!

Mais Destaques
"Já foram 19 milhões que acessaram o site do Jornal Gazeta de Toledo- ISENÇÃO E VERDADE!"
(Eliseu Langner de Lima - diretor)
Enquete
Tempo Toledo
Cotações
Compra Venda
Dólar comer.
Euro (real)