Regional

Assis começa o ano com arrastão para combate a escorpiões

| 07/01/2019 - 16:02

Assis começa o ano com arrastão para combate a escorpiões

Entulhos e sujeira em quintais continuam sendo
A Prefeitura de Assis Chateaubriand, através da Secretaria de Saúde, iniciou 2019 intensificando os trabalhos de combate a escorpiões, simultaneamente ao enfrentamento ao mosquito da dengue.
Os agentes de endemias foram às ruas e vistoriaram dezenas de residências, empresas e terrenos baldios.
O trabalho começou pelo Plano Piloto, no trecho compreendido entre as avenidas Tupãssi e do Bosque – onde constantemente são encontrados escorpiões, mas se estenderá por todos os bairros da cidade nos próximos dias.
“Em apenas um dia e meio de trabalho, encontramos cinco escorpiões da espécie amarela, que são altamente venenosos e muito comuns em nossa região. É preciso que todos fiquem atentos aos seus quintais, pois o acúmulo de entulhos e sujeira continua sendo o grande problema e é onde encontramos esses animais peçonhentos”, afirma o diretor de Vigilância em Saúde, Fábio Fantin Camilo.
De acordo com o secretário municipal de Saúde, Agnaldo Vieira, a fiscalização será mantida durante o ano todo, mas a prevenção a acidentes só é possível com a colaboração dos moradores.
“Por determinação do prefeito, João Pegoraro, começamos o ano já fazendo um intenso trabalho de vigilância para combatermos ao escorpião. Trata-se de um assunto muito sério e a população tem papel fundamental neste desafio”, enfatiza ele.
A Secretaria de Saúde alerta que o escorpião amarelo, uma das espécies de maior periculosidade, prefere se proteger em ambientes quentes e úmidos, saindo para caçar e se alimentar. No ambiente domiciliar, se abriga sob madeiras velhas, lenha, telhas, tijolos, restos de construção, entulhos e principalmente frestas em calçadas, muros e paredes.
O lixo domiciliar mal acondicionado, restos de alimentos e sujeira atraem insetos, como baratas e outros que são alimentos dos escorpiões. Dessa forma, estes animais têm abrigo, alimento e água no entorno das habitações.
Sendo assim, a melhor forma de prevenção é a limpeza dos ambientes, removendo entulhos e mantendo o lixo acondicionado adequadamente. Outra recomendação é não usar inseticidas na tentativa de combater escorpiões, pois esses produtos não têm eficiência para eliminar o animal.
Fonte: Ascom/Pref. de Assis Chateaubriand
    SEJA o primeiro a comentar
  • Nome

    E-mail

    Escreva um comentário

Notícias de 'Regional'

Laboratório Vivo de Cidades Inteligentes começam a operar no PTI

Foz do Iguaçu deve sediar 600 eventos neste ano

Iguassu-IT inicia planejamento estratégico para 2019

Universitários terão custeio de transporte em Nova Santa Rosa

Nova lei para produtos artesanais é debatida em Santa Helena

Ônibus de educação socioambiental chega à Costa Oeste

PRF apreende carro transportando maconha em Santa Terezinha de Itaipu

UNILA completa 9 anos em busca do ensino superior de excelência

Ministro do Meio Ambiente visita Foz e elogia Itaipu

Show Rural trará novidade digital a Cascavel

Mais Destaques
"Já são 17 milhões de acessos no site do Jornal Gazeta de Toledo. Junte-se a quem de fato é lido - invista em propaganda onde sua marca ficará visível 45 9.91339499"
(Eliseu Langner de Lima - diretor)
Enquete
Tempo Toledo
Cotações
Compra Venda
Dólar comer.
Euro (real)