Regional

Assis começa o ano com arrastão para combate a escorpiões

| 07/01/2019 - 16:02

Assis começa o ano com arrastão para combate a escorpiões

Entulhos e sujeira em quintais continuam sendo
A Prefeitura de Assis Chateaubriand, através da Secretaria de Saúde, iniciou 2019 intensificando os trabalhos de combate a escorpiões, simultaneamente ao enfrentamento ao mosquito da dengue.
Os agentes de endemias foram às ruas e vistoriaram dezenas de residências, empresas e terrenos baldios.
O trabalho começou pelo Plano Piloto, no trecho compreendido entre as avenidas Tupãssi e do Bosque – onde constantemente são encontrados escorpiões, mas se estenderá por todos os bairros da cidade nos próximos dias.
“Em apenas um dia e meio de trabalho, encontramos cinco escorpiões da espécie amarela, que são altamente venenosos e muito comuns em nossa região. É preciso que todos fiquem atentos aos seus quintais, pois o acúmulo de entulhos e sujeira continua sendo o grande problema e é onde encontramos esses animais peçonhentos”, afirma o diretor de Vigilância em Saúde, Fábio Fantin Camilo.
De acordo com o secretário municipal de Saúde, Agnaldo Vieira, a fiscalização será mantida durante o ano todo, mas a prevenção a acidentes só é possível com a colaboração dos moradores.
“Por determinação do prefeito, João Pegoraro, começamos o ano já fazendo um intenso trabalho de vigilância para combatermos ao escorpião. Trata-se de um assunto muito sério e a população tem papel fundamental neste desafio”, enfatiza ele.
A Secretaria de Saúde alerta que o escorpião amarelo, uma das espécies de maior periculosidade, prefere se proteger em ambientes quentes e úmidos, saindo para caçar e se alimentar. No ambiente domiciliar, se abriga sob madeiras velhas, lenha, telhas, tijolos, restos de construção, entulhos e principalmente frestas em calçadas, muros e paredes.
O lixo domiciliar mal acondicionado, restos de alimentos e sujeira atraem insetos, como baratas e outros que são alimentos dos escorpiões. Dessa forma, estes animais têm abrigo, alimento e água no entorno das habitações.
Sendo assim, a melhor forma de prevenção é a limpeza dos ambientes, removendo entulhos e mantendo o lixo acondicionado adequadamente. Outra recomendação é não usar inseticidas na tentativa de combater escorpiões, pois esses produtos não têm eficiência para eliminar o animal.
Fonte: Ascom/Pref. de Assis Chateaubriand
    SEJA o primeiro a comentar
  • Nome

    E-mail

    Escreva um comentário

Notícias de 'Regional'

Corrente do Bem pela proteção da Água é realizada na região Oeste

Caciopar lança 10ª edição de ciclo de palestras

Paranaenses que atuaram no resgate em Brumadinho serão homenageados

Prefeitura de Maripá contrata Enfermeiro

Acidentes com escorpiões no Oeste sugerem dedetização feita por especialista

Prefeitura de Entre Rios do Oeste estuda terceirização da festa do município

Itaipu e MP implementam Portais da Transparência na região

Maripá abre concurso para prefeitura

Prefeito de São Pedro assina acordo de participação no Projeto Rondon

Produtores conhecem modelo de propriedade agroecológica no Oeste

Mais Destaques
"18 milhões de acessos no site do Jornal Gazeta de Toledo- ISENÇÃO E VERDADE!"
(Eliseu Langner de Lima - diretor)
Enquete
Tempo Toledo
Cotações
Compra Venda
Dólar comer.
Euro (real)