Regional

Produtores do Oeste discutem normas sanitárias de produtos de origem animal

| 09/01/2019 - 16:30

Produtores e técnicos do Oeste discutem lei sobre normas sanitárias de produtos artesanais de origem

O município de Santa Helena terá a oficina ‘Normas Sanitárias Aplicadas à Lei de Produtos Artesanais para Alimentos de Origem Animal, identificada como Lei 13.680/18’. O evento ocorrerá dia 18 de janeiro, no Centro Social do Idoso, das 8h às 16h e 30min e está aberto à participação de produtores de toda a região Oeste do Paraná.
Pela Lei 13.680 de junho de 2018 fica permitida a comercialização interestadual de produtos alimentícios produzidos de forma artesanal, com características e métodos tradicionais ou regionais próprios, empregadas boas práticas agropecuárias e de fabricação, desde que submetidos à fiscalização de órgãos de saúde pública dos Estados.
O produto artesanal será identificado, em todo o território nacional, por selo único com a indicação ‘Arte’. O registro do estabelecimento e do produto, a classificação, o controle, a inspeção e a fiscalização, no que se refere aos aspectos higiênico-sanitários e de qualidade, serão executados em conformidade com as normas e prescrições estabelecidas em Lei e em seu regulamento.
Por tal motivo há a necessidade da realização da oficina com produtores e setores técnicos. Dentre os objetivos, segundo os promotores, está, criar parâmetros claros e objetivos para conceituar o que são produtos artesanais; refletir sobre as responsabilidades e competências entre os órgãos de regulação e levantar as especificidades que garantam aos produtores familiares serem público alvo da legislação.
A organização é da Cooperativa de Trabalho e Assistência Técnica do Paraná (Biolabore), Prefeitura de Santa Helena, Itaipu Binacional e Emater.
Programação
A abertura oficial do evento está marcada para 9h seguida da palestra ‘Produtos e Produtores Artesanais e da Agricultura Familiar da Região Oeste do Paraná, organizada pela Biolabore e Itaipu Binacional. Às 10h e 30 min estará em pauta a legislação sanitária para alimentos, com destaque para a Lei 13.680/2018, com coordenação de representante da Sesa.
Para 11h e 30min está programado um caso de sucesso que será apresentado pela Emater e um produtor. O intervalo para almoço ocorrerá das 12h às 13h e 30min. O retorno às atividades ocorre com uma mesa redonda que terá como foco principal as contradições, limites e oportunidades de soluções para a regulamentação da produção artesanal de alimentos. Os participantes são representantes de inspeções, do Serviço de Inspeção Municipal (SIM/POA), de Santa Helena, Biolabore, Itaipu, Emater e produtores.
A partir de 15h, até 16h, transcorrerão oficinas de trabalho: ‘Contribuições através de propostas de adequação à Lei 13.680/2018, com respostas principalmente à, quais são as soluções técnicas e políticas necessárias para a garantia dos direitos de produtores artesanais? Responsabilidades e competências dos órgãos de fiscalização; Especificidades dos estabelecimentos produtores de alimentos artesanais; Conceituação de produtos artesanais.
Além dos pequenos e médios produtores, também são convidados médicos veterinários, servidores em inspeções municipais da região e vigilância sanitária, assim como outros profissionais ligados ao setor. As inscrições poderão ser feitas até dia 15 de janeiro, ou no dia do evento.
A ficha de inscrição, assim como outros detalhes a respeito da oficina podem ser obtidos pelos telefones (45) 3268 8200, (45) 3268 2020 e (45) 3268 3258.
Fonte: Comunicação Biolabore
    SEJA o primeiro a comentar
  • Nome

    E-mail

    Escreva um comentário

Notícias de 'Regional'

Gaeco prende quatro investigadores e um agente de carceragem

Chefe de gabinete da prefeitura é preso pelo Gaeco recebendo dinheiro de empresário

Sistema Fiep premiará ações que contribuem para uma educação de qualidade

Prefeitura apoia projeto do IFPR que levará planetário às escolas

Grande público marcam abertura da Copa Coamo 2019

Inadimplência das empresas teve a menor alta em 18 meses

Empresa incubada no PTI cria aquecedores sustentáveis para aviários da região

Governo do PR repassa informações erradas para a imprensa sobre a data-b

Nova ponte em Foz vai reforçar o comércio entre Paraná e Paraguai

Dois prefeitos lindeiros vencem Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor

Mais Destaques
"Já foram 19 milhões que acessaram o site do Jornal Gazeta de Toledo- ISENÇÃO E VERDADE!"
(Eliseu Langner de Lima - diretor)
Enquete
Tempo Toledo
Cotações
Compra Venda
Dólar comer.
Euro (real)