Especial

De Office boy a diretor da Câmara Municipal de Toledo

| 25/01/2019 - 18:00

De Office boy a diretor da Câmara Municipal de Toledo

Atuando no serviço público, em empresas públicas e privadas e na área acadêmica, Jadyr Donin tem um longo currículo e muita experiência para acrescentar ao município.

Nesta semana o presidente da Câmara Municipal de Toledo, Antonio Sergio Freitas, nomeou Jadyr Donin para o cargo de diretor do legislativo. A Gazeta de Toledo conversou com o professor e servidor público que acumulou, ao longo dos anos, experiência e capacitações para o posto.

Sua história

Jadyr Donin é natural de Toledo, formado na primeira turma de Ciências Econômicas pela Universidade Estadual do Paraná – Unioeste. Logo depois de formado, em 1985 foi chamado para atuar como docente da instituição, onde está até hoje. Neste período, se especializou em Ciência Contábil e auditoria na Unioeste de Marechal e fez seu mestrado em Ciências Sociais Aplicadas em Contabilidade pela Fasistol.

Através de um projeto de extensão da Unioeste, o professor respondeu durante 15 anos pela relatoria da junta comercial, como coordenador e relator. Jadyr, também, foi o primeiro professor de contabilidade na implantação do curso de Ciências Contábeis na Unipar. E permaneceu durante 20 anos na instituição de 1994 até 2012.
Trabalhou na iniciativa privada por vários anos, já no setor público exerceu o cargo de Secretário das Finanças (Hoje, secretária da Fazenda), de 1984 a 1985, na gestão do ex-prefeito Albino Corazza Neto. Após a criação da ENDUR, foi nomeado diretor administrativo de 1985 até 1988.
Já na gestão do ex-prefeito Luiz Alberto de Araujo, assumiu a função de diretor superintendente da EMDUR de 1989 a 1992. Concomitante a isso, Jadyr foi Secretáriao de Administração e Recursos Humanos, neste período elaborou o plano de cargos e salários do município.
Nos últimos anos, Jadyr foi convidado pelo ex-prefeito Beto Lunitti para a direção da Secretária de Planejamento Estratégico de 2013 a 2015. No inicio de 2016, assumiu a chefia de gabinete do ex-prefeito.
A Gazeta esteve com Jadyr Donin e o presidente Zóio no dia de sua nomeação e conversou com ele sobre a sua história, o novo cargo no legislativo e as suas expectativas. Confira:
Gazeta de Toledo. Depois de uma vasta atuando em prol do município de Toledo. Como você se sente com está nomeação?
Jadyr Donin: Primeiramente eu fico muito feliz. Agradeço especialmente ao presidente Zóio, nós já temos uma relação de amizade e de trabalho no período em que estivemos na gestão do ex-prefeito Beto Lunitti. Ele, presidente do legislativo hoje, na função de ouvir geral do munícipio e eu na qualidade de Secretário de Planejamento. Sempre tivemos uma afinidade muito grande, na questão de gestão. Nós desenvolvemos muitos trabalhos em conjunto, quando ele me convidou eu resolvi aceitar a mais esse desafio.
GT. É um novo desafio para você?
JD: É tudo muito novo sim. Eu sempre estive trabalhando no executivo e agora eu venho para o legislativo é uma situação nova, como é um espaço onde sempre tive vontade de atuar, acredito que seja um ótimo desafio.
GT. Durante todos esses anos de serviço a Toledo, em algum momento você atuou na Câmara?
JD: Na verdade sim. Há muitos anos, quando eu tinha uns 15 aos 18 anos de idade, eu trabalhei no legislativo de Toledo sim. Fui Office boy da Câmara legislativa, servia cafezinho para os vereadores, tudo isso na gestão do Dr Arlindo Campagnolo de 1964 à 1969. Depois do cafezinho, aos 17 anos, eu passei a fazer as atas das reuniões. Eram nove vereadores, e eu lembro nome de todos eles, isso ficou gravado na minha memória.
GT. Já era uma vontade sua atuar no poder público?
JD: Sim, eu sempre tive uma vontade de que, se me dessem uma oportunidade, como estou tendo agora, um dia voltar ao legislativo. Porque no executivo eu passei por diversas secretárias e chefias de gabinete, estive na área empresarial privada e publica, fui presidente do conselho de administração em função da Emdur. Então na verdade, eu sempre tive uma vontade de voltar ao legislativo.
GT. E qual a expectativa a partir de agora?
JD: Eu vou, dentro das minhas limitações, fazer meu melhor para o legislativo e para comunidade de Toledo. Eu venho com intuito de fazer um bom trabalho para o município e com a finalidade de auxiliar.
GT. Você acha que será necessário elevar o trabalho da marca da câmara?
JD: Sem duvidas, eu acredito que precisamos colocar o legislativo no lugar onde ele deveria estar, como um poder independente. Trabalhar em consonância com os demais poderes, nós temos que ter uma familiaridade com poder judiciário, com poder administrativo, mas com independência. Eu acredito que esse é um trabalho em conjunto com a presidência, com a mesa diretiva e com todos os vereadores. Temos que fazer um trabalho de junção de forças, onde todos têm a responsabilidade de fazer com que essa casa de leis, que é a casa do povo, seja representativa.
GT. Como economista, a ideia é enxugar, mas também investir o que é necessário para mudar essa imagem?
JD: Nós temos que separar despesa de investimento. Se houver necessidade, e para isso precisamos fazer um planejamento com presidente e a mesa diretiva, e ver, quais investimentos faremos nesses dois anos. Agora, a questão é que o dinheiro público tem que ser respeitado, saber onde se aplica o dinheiro e aplicar com economia. É responsabilidade do legislativo devolver ao executivo para que venha a fazer algo pelos interesses da população. Economia, mas não deixando de fazer investimentos necessários para seu bom funcionamento para a população.
Galeria de fotos
    SEJA o primeiro a comentar
  • Nome

    E-mail

    Escreva um comentário

Notícias de 'Especial'

As mulheres e os negócios

Hipnoterapia X Controle Emicional

Mais Destaques
"Já foram 19 milhões que acessaram o site do Jornal Gazeta de Toledo- ISENÇÃO E VERDADE!"
(Eliseu Langner de Lima - diretor)
Enquete
Tempo Toledo
Cotações
Compra Venda
Dólar comer.
Euro (real)