Gente X Poder

As constantes blitz

| 27/02/2019 - 18:00

Assassinos de árvores?

Dos leitores: Caro Eliseu, na mesma semana fui abordado em duas blitz em Toledo. Para mim, que estou com tudo em dia nada muda, há não ser o tempo que fiquei retido na Rua Garibaldi próximo ao Pia Ambiental, na segunda-feira e outra na Avenida Parigot de Souza em frente ao Teatro Municipal de Toledo na terça, ou seja, dois dias consecutivos.
As constantes blitz I
Caro leitor vou preservar vosso nome, para que você não seja pego a 396 km por hora em uma via pública e para ficar mais complicado ainda, com um caminhão de ração. Ao mesmo tempo afirmo que o povo não esta mais aguentando pagar gasolina cara, multas exorbitantes, impostos astronômicos e agora a tal taxa de estadia no pátio da Transguard com taxas acima de R$ 170,00. Só não convidam os proprietários dos veículos retidos para o churrasco.
O outro lado da saúde.
Dos leitores: Boa tarde! Tenho uma denúncia pra fazer. Caso vcs se interessem. Minha tia fez uma verdadeira peregrinação em unidades de saúde de Toledo e só após a 5ª tentativa, o problema dela foi solucionado. O que mais me causou indignação foi que hj pela manhã, acompanhando ela no posto, soube que havia médico, mas que ele não poderia atendê-la porque nosso endereço fica antes da Avenida. A médica que atende a região está de licença e não colocaram substituto. Ou seja, se morássemos do outro lado da avenida ela teria atendimento por causa dessa "forma de organizar" o público.
Assassinos de árvores?
Dos leitores: Olha aí a causa da morte das árvores plantadas nos Parques em Toledo. Quando é cortada a grama com máquina de fio este causa o anelamento e por consequência deixa de circular a seiva. Fotos que tirei hoje quando caminhava junto ao Parque dos Pioneiros. Edemar Rockembach.
Fraternidade e Políticas Públicas
Recebi o convite do Jornalista Paulo Weber para apresentação da proposta da CF 2019 para a Imprensa que acontecerá nesta sexta-feira, dia 1º de março, às 10h30, na Cúria Diocesana, com a presença do bispo diocesano, Dom João, e do padre André Mendes.
Fraternidade e Políticas Públicas I
O tema desse ano tem como alvo o fortalecimento da participação popular na "cidadania", ou seja, "Fraternidade e Políticas Públicas". Creio que nesse tempo de quaresma haja uma melhor reflexão sobre o tema, mas, antes de tudo se faz necessário que o ser humano tenha maior consciência da importância de sua participação.
Galeria de fotos
    SEJA o primeiro a comentar
  • Nome

    E-mail

    Escreva um comentário

Notícias de 'Gente X Poder'

Guardas Municipais em Brasília

Eleições no Progressistas

Médicos sem especialidade atendendo no Ciscopar?

Progressistas tensos?

A revolta dos “togados”

CPI do lixo

Liberação de recursos do estado

Minirreforma?

Troca-troca e demissão avista?

Quem será o vice-prefeito?

Mais Destaques
"Já foram 19 milhões que acessaram o site do Jornal Gazeta de Toledo- ISENÇÃO E VERDADE!"
(Eliseu Langner de Lima - diretor)
Enquete
Tempo Toledo
Cotações
Compra Venda
Dólar comer.
Euro (real)