AgroGazeta

Importância da agricultura de precisão para países menores

| 12/03/2019 - 18:50

O diretor do Conselho Nacional de Pesquisas Agrícolas e Florestais (CONIAF), Juan Chávez, afirmou que, com a implementação de modelos de agricultura e pecuária de precisão, a República Dominicana poderia dobrar a produção agrícola nos próximos 10 anos. O funcionário disse que hoje o setor agrícola é altamente influenciado por uma infinidade de novas tecnologias, e que a automação é a base para o desenvolvimento de fazendas e rebanhos eficientes, altamente produtivos e sustentáveis.
“Com a implementação de modelos de gestão baseados em agricultura de precisão e pecuária, espera-se que a produtividade dobre nos próximos 10 anos, aumentando a produção em 50%, reduzindo os custos de insumos em 40% e, simultaneamente, melhorando sustentabilidade ambiental “, enfatizou.
Após a apresentação do trabalho “Rumo a modelos agrícolas e pecuários precisos e adequados à República Dominicana”, Chávez assegurou que, com as aplicações tecnológicas disponíveis no mercado dominicano, poderia desenvolver modelos agrícolas e pecuários precisos e adequados às condições locais. Ele disse que “há uma revolução no momento que está trazendo mundos tão distantes com a tecnologia da informação e gerenciamento massivo de dados, e que esta revolução nos dados chegou à agricultura”.
Entre as vantagens do modelo de agricultura e pecuária de precisão, o diretor da CONIAF destacou a melhoria da produtividade, redução do uso de insumos, eficiência no tratamento fitossanitário, determinação do melhor momento para a colheita. Além disso, melhora da rastreabilidade dos alimentos, uso e manejo do seguro de agrotóxicos, prevenção de danos às culturas e animais, redução de danos ao meio ambiente, melhoria do sistema de inocuidade dos alimentos, qualidade dos produtos, produtividade, competitividade, entre outros.
Fonte: Leonardo Gottems/Agrolink
    SEJA o primeiro a comentar
  • Nome

    E-mail

    Escreva um comentário

Notícias de 'AgroGazeta'

Safrinha vira “safrona” após frustração com a soja

Brasil e Paraguai vão construir uma agenda comum sobre o agronegócio

Paraná está pronto para receber status de área livre de febre aftosa sem vacinação

Abate de suínos é recorde, diz IBGE

Novos mercados garantem crescimento na exportação de carne bovina

Celulose já é o terceiro produto mais exportado pelo Paraná

Reunião traz novo alerta sobre Peste Suína Africana

Exportações de carne suína crescem 5,65% em 2019

Paraná quer mais recursos e queda de juros no novo Plano Agrícola

Soja registra terceira queda consecutiva

Mais Destaques
"18 milhões de acessos no site do Jornal Gazeta de Toledo- ISENÇÃO E VERDADE!"
(Eliseu Langner de Lima - diretor)
Enquete
Tempo Toledo
Cotações
Compra Venda
Dólar comer.
Euro (real)