Social

O que você precisa é de autopermissão!

Claudete Hirano | 15/03/2019 - 14:30

O que você precisa é de autopermissão!

Em uma série de textos especialmente para celebrar as Mulheres, a pergunta que não quer calar é:

“Você não percisa de permissão! Precisa?”

Mas que absurdo uma pergunta dessas! Quando na minha vida, no século XXI, uma mulher precisa de permissão?

“Então por que você espera que os outros aprovem ou reconheçam o que você faz?”

Quando agimos esperando aprovação pelo que fazemos, é como se estivéssemos pedindo permissão aos maridos, aos filhos, aos familiares, aos chefes, aos funcionários, à sociedade!

O que você precisa é de “Autopermissão”!

Nossas dúvidas, nossas inseguranças e nossos medos caem por terra quando nós mesmas nos permitimos realizar nossas conquistas.

Muitas vezes o nosso foco está na falta do que não temos ou do que achamos que não temos. Quando achamos que não somos boas o suficientes, desenvolvidas o suficiente, competentes o suficiente, ficamos nas mãos de outras pessoas e nos sentimos desemparadas, sempre esperando a aprovação, querendo saber se: “Está bom assim?” ou “Será que vão gostar?”

Já foi o tempo em que tínhamos que fingir que éramos menos que os homens, menos capazes, menos inteligentes e menos poderosas. Podemos ser autênticas e nos sentirmos suficientemente boas no que fazemos, sem que sejam necessárias aprovações externas.

Quando usamos o nosso poder de “Autopermissão”, ocupamos o nosso espaço e desempenhamos melhor todos os nosso papeis sociais como: empreendedoras, mães, filhas, esposas, funcionárias, amigas, executivas, namoradas, etc.

Apoiada em conceitos éticos, a “Autopermissão” te dá poderes inimagináveis, pois exige que você se posicione, que seja protagonista da sua história, que tome iniciativas e faça “acabativas”, que apresente a sua ideia e que não deixe que ninguém a roube.

Quando precisamos da permissão de alguém, nós aboandonamos a nos mesmas. Abandonamos a nossa essência… E podemos sucumbir!

Em contrapartida, quando nós mesmas nos permitimos ser vistas, ser lembradas, ser ouvidas e celebradas, estamos nos permitindo nos tornar invencíveis e incrivelmente poderosas!

Pense nisso e reflita sobre todas as vezes que você ficou esperando a aprovação dos outros para continuar fazendo um caminho que é só seu.

    SEJA o primeiro a comentar
  • Nome

    E-mail

    Escreva um comentário

Notícias de 'Social'

Acenda a luz!

Mais Destaques
"Já foram 19 milhões que acessaram o site do Jornal Gazeta de Toledo- ISENÇÃO E VERDADE!"
(Eliseu Langner de Lima - diretor)
Enquete
Tempo Toledo
Cotações
Compra Venda
Dólar comer.
Euro (real)