Economia

Com crescimento de 10%, Paraná lidera produção industrial brasileira

| 12/04/2019 - 09:10

Com crescimento de 10%, Paraná lidera produção industrial brasileira

A indústria paranaense foi a que mais cresceu no primeiro bimestre de 2019, com um aumento 10,3% na produção com relação ao mesmo período do ano passado. Os dados do Instituto Brasileiro de Geografia Estatística (IBGE) mostram que apenas seis estados tiveram desempenho positivo no bimestre. A produção industrial brasileira fechou com baixa de 0,2% em janeiro e fevereiro.

“O Paraná ocupa o primeiro lugar folgado na produção industrial nacional”, destaca o diretor do Centro de Pesquisa do Instituto Paranaense de Desenvolvimento Econômico e Social (Ipardes), Julio Suzuki Júnior. “Os dados da indústria e de outros setores sinalizam que a economia paranaense está tomando fôlego e volta a crescer, depois de um 2018 com um PIB abaixo da expectativa”, afirma.

O crescimento paranaense foi puxado, principalmente, pelo setor automotivo. O setor teve um aumento de 25,8% nos dois primeiros meses do ano, com destaque para a fabricação de caminhões e veículos de passeio. A produção de máquinas e equipamentos e de derivados de petróleo também tiveram forte alta no período, com um aumento de 19,5% e de 16,5%, respectivamente.

Outros setores tiveram resultados positivos no bimestre. Houve alta na produção da indústria alimentícia (11,9%), de material elétrico (11%), nos produtos de metal (7,3%), minerais não-metálicos (3%), papel e celulose (2,6%) e de borracha e material plástico (2,1%). Diminuíram a produção os setores de bebidas (-4,2%), produtos químicos (-4,4%), móveis (-4,6%) e de produtos de madeira (-7,7%).

Apenas outros cinco estados tiveram crescimento industrial positivo no primeiro bimestre: Rio Grande do Sul (6,7%), Goiás (5,8%), Pará (5,2%), Ceará (3,2%) e Santa Catarina (2,7%). Já Minas Gerais e São Paulo tiveram uma produção estagnada no período.

Cenário nacional – Ao analisar nesta quinta-feira (11) a queda da produção industrial brasileira na Rádio BandNews, o economista Luiz Carlos Mendonça de Barros ressaltou que apenas o Paraná e Santa Catarina apresentaram resultados mais otimistas no setor. “O IBGE publicou o PIB da indústria por estado, e dois chamam a atenção: Santa Catarina e Paraná. Eles estão crescendo bem acima da média, e quando você olha para trás, a queda é também menor que a média”, disse.

Fonte: AEN

    SEJA o primeiro a comentar
  • Nome

    E-mail

    Escreva um comentário

Notícias de 'Economia'

Cartão de crédito clonado é principal fraude sofrida por consumidores

Brasil tem 62,7 milhões de pessoas negativadas

Com crescimento de 10%, Paraná lidera produção industrial brasileira

Senado decide que consumidor tem direito a celular reserva

As novidades tributárias que afetarão sua empresa ainda este ano

Empresas do Simples têm até amanhã para inscrever empregado no eSocial

Receita abre consulta a lote da malha fina do IR

Petrobras sobe preço da gasolina nas refinarias em R$ 0,10

Etanol: hidratado cai 7,66% e anidro desvaloriza 1,08% na semana

Novo sistema de boletos reduz circulação de R$ 5,1 bilhões em espécie

Mais Destaques

Estado

Paraná segue em alerta contra a febre amarela

Segurança

PRF apreende duas carretas com R$ 4 milhões em cigarros

Cultura

Aquário Municipal estará fechado na sexta-feira Santa e no domingo de Páscoa

AgroGazeta

Novos membros dos Conselhos Administrativo e Fiscal do Sescoop/PR tomam posse

Gente X Poder

Os "andarilhos" e as ameaças.

Geral

Caciopar realizará o 10º Ciclo de palestras

Cidade

Too Reciclando: Caçambas itinerantes no Anápolis, Filadélfia e Orquídeas

Regional

Pacientes da Uopeccan participam de Festa de Páscoa

"Já foram 19 milhões que acessaram o site do Jornal Gazeta de Toledo- ISENÇÃO E VERDADE!"
(Eliseu Langner de Lima - diretor)
Enquete
Tempo Toledo
Cotações
Compra Venda
Dólar comer.
Euro (real)