Cidade

Livro resgata visão de futuro e trajetória de Willy Barth.

Por Luiz Alberto Costa – Jornalista | 10/05/2019 - 00:01

Livro resgata visão de futuro e trajetória de Willy Barth.

TOLEDO – Uma das mais aguardadas e importantes obras literárias da história de Toledo, deverá ser lançada neste ano de 2019, após mais de uma década de viagens, pesquisas, coleta de depoimentos, elaboração de textos e seleção de fotos, entre outras tarefas, pelo autor com a colaboração de membros da família e profissionais do ramo.
Trata-se do livro “Willy Barth”, com cerca de 400 páginas, que resgata a trajetória, visão inovadora, liderança, empreendedorismo e virtudes pessoais do ex-prefeito de Toledo e dirigente da Colonizadora Maripá, que coordenou a elaboração e execução de um dos mais competentes e avançados projetos de colonização da história do Paraná e do País.
A autoria da pesquisa e da obra é do professor e historiador Ricardo Rippel, da Universidade Estadual do Oeste do Paraná (Unioeste), campus de Toledo; com colaboração na organização de textos e posfácio do escritor, poeta e jornalista Luiz Alberto M. da Costa; e prefácio dos saudosos ex-prefeito e advogado Wilson Carlos Kuhn e contador e historiador Ondy Hélio Niderauer.
A obra também contou com a participação especial de Maria Bernardette Barth Calleya, Betty; além de Ana Beatriz Barth Costamilan, Bea, Vera Regina Barth dos Santos e Maria Cristina Barth Moré, de saudosa memória, todas filhas de Willy e Diva Paim Barth, e do genro João Pedroso Moré. As fotografias são da Família Barth.
A elaboração da capa, diagramação, edição e impressão couberam à Editora e Gráfica Imagem, de Toledo e o lançamento do livro está previsto para o início do mês de julho, provavelmente no Museu Histórico Willy Barth, com participação de autoridades, pioneiros, convidados e familiares, em data e horário ainda não definidos.
O autor Ricardo Rippel é professor doutor da Unioeste, campus de Toledo, com graduação em Economia pela instituição, em 1985; especialização em Teoria Econômica pela Universidade Federal do Paraná (UFPR), em 1989; mestrado em Desenvolvimento Econômico pela UFPR, em 1995; doutorado em Demografia pela Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), de São Paulo, em 2005, e pós-doutorado em Demografia pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), em 2014.
Ricardo é professor e pesquisador da Unioeste há 33 anos, desde janeiro de 1986, onde atualmente é diretor do Centro de Ciências Sociais Aplicadas (CCSA), e líder do Grupo de Pesquisa em Desenvolvimento Regional e Agronegócio (Gepec), do campus de Toledo.
Além desses cargos, exerce atividades de docência e pesquisa no Programa de Pós-Graduação, Mestrado e Doutorado em Desenvolvimento Regional e Agronegócio, na graduação em Ciências Econômicas, e no mestrado em Economia, da Unioeste, campus de Toledo.
Suas pesquisas acontecem nas áreas de migração, mobilidade demográfica espacial, desenvolvimento econômico, demografia e desenvolvimento regional.
Nos estudos de políticas públicas, história e desenvolvimento, atua em temas de migração, mobilidade espacial demográfica, história econômica, desenvolvimento econômico, desenvolvimento regional, economia regional, dinâmica demográfica e desenvolvimento, migração e mobilidade demográfica em novas fronteiras.
Willy Barth nasceu em 20 de junho de 1906, em Santa Cruz do Sul, no Rio Grande do Sul e faleceu prematuramente em dois de abril de 1962, aos 56 anos de idade, quando como prefeito de Toledo participava de comício em Guaraniaçu, concorrendo ao cargo de suplente de senador.
A obra literária abrange a história de visão de futuro, coragem e pioneirismo, alma criativa e empreendedora e o exemplo especial de ser humano de Willy Barth, desde quando menino de muitas idéias e jovem de grandes sonhos, ampliando os negócios e formação de família, em atuação como caixeiro viajante na Serra Gaúcha e colonizador no Oeste de Santa Catarina, onde fundou e desenvolveu a cidade de São Miguel do Oeste.
Em seguida, a desafiadora e nobre missão de Willy Barth foi chamada Toledo, os primeiros anos no Oeste do Paraná, a visibilidade e potencialidades do empreendimento da Maripá, a colonização e povoamento da Fazenda Britânia, as recordações e lembranças da esposa e filhas, o hábito de leitura, o conhecimento e à dedicação à família.
Da mesma forma, as ações e conquistas sociais, da emancipação ao aeroporto do município, a política como meio de transformação de Toledo e região, o falecimento prematuro e homenagens recebidas, testemunhos e percepções sobre Willy Barth, a família de Peter Barth em Rio Pardinho, as realizações, o legado de conhecimento, inovação e ousadia do personagem e sua cronologia de vida.

    1 COMENTÁRIO
  • Nome

    E-mail

    Escreva um comentário

  • Gelson Leonardi
    Conheci pessoalmente este gigante da nossa história. Foi meu paraninfo na primeira turma do Colégio La Salle em 1961. Ele reunia todas as grandes qualidades de um lider. Carismático, dinâmico, coerente e honesto, resolvia todos os problemas com presteza e dedicação. Durante muito tempo sentimos a sua falta, como se todo o município e região ficassem órfãos do grande líder que nos deixou prematuramente. Acho que já estava mais que na hora de contar a magnífica história de vida de seu Willy Barth.
Notícias de 'Cidade'

novo site

Livro resgata visão de futuro e trajetória de Willy Barth.

O Brasil recicla menos de 15% dos resíduos industriais e domésticos, orgânicos e não orgânicos.

Construção da sede da APAC em Toledo esta acelerada

Nota de esclarecimento sobre ajuizamento de ação civil pública pelo ministério público em razão da o

NOTA PÚBLICA EM REFERÊNCIA A PROPOSITURA DE AÇÃO CÍVIL POR IMPROBIDADE ADMINISTRATIVA DO MINISTÉRIO

DR. Sandres Sponholz fala sobre o pedido de improbidade do ex-prefeito Beto Lunitti e do atual Lúcio

Edital N° 01/2019

Município de Toledo assina TAC para criação de Coordenação de Defesa e Proteção Animal

Bazar aquece as vendas para o dia das mães em Toledo

Mais Destaques
"Já foram 19 milhões que acessaram o site do Jornal Gazeta de Toledo- ISENÇÃO E VERDADE!"
(Eliseu Langner de Lima - diretor)
Enquete
Tempo Toledo
Cotações
Compra Venda
Dólar comer.
Euro (real)