Estado

Cinco alunos representam o PR no Parlamento Jovem Brasileiro

| 21/08/2014 - 00:01

Cinco alunos representam o PR no Parlamento Jovem Brasileiro

Cinco estudantes paranaenses, quatro de escolas estaduais e um de escola particular, irão representar o Estado na 10ª edição do Parlamento Jovem Brasileiro, da Câmara dos Deputados, em Brasília. Cinco estudantes paranaenses, quatro de escolas estaduais e um de escola particular, irão representar o Estado na 10ª edição do Parlamento Jovem Brasileiro, da Câmara dos Deputados, em Brasília. Eles foram selecionados entre 91 projetos inscritos no Paraná.
Os estudantes irão a Brasília para conhecerem como funciona a Câmara dos Deputados e o trabalho dos parlamentares. O Parlamento Jovem Brasileiro neste ano vai ser realizado dia 26 de setembro. Os alunos que vão representar o Paraná em Brasília.
PROJETOS - Um dos selecionados é Bruno Romanha Cerqueira do Nascimento, do Colégio Estadual Albino Feijó Sanches, de Londrina (Norte). Seu projeto é sobre a obrigatoriedade da redução gradativa da quantidade de açúcar e sódio adicionados nos alimentos servidos nas merendas escolares para alunos da rede pública municipal, estadual e federal.
Gabriel Donato Pinheiro Gonçalves, do colégio particular Senhora de Fátima, de Curitiba, foi selecionado com o projeto que determina o uso do sistema de vouchers (vales-educação) para financiamento de parte da educação no Brasil.
Jhenifer Mezzono Spagnol, do Colégio Estadual Euclides da Cunha, de Matelândia (Oeste), propõe a aposentadoria do agricultor, ou produtor rural, por tempo de serviço na atividade agrária.
Mayk Morbekck do Nascimento Ploncoski, do Colégio Estadual Presidente Costa e Silva, de Foz do Iguaçu (Oeste) foi selecionado com o projeto sobre a criação do Conselho Tutelar de Fronteira e sua atuação.
Já Vitor Debastiani Valer, do Colégio Estadual de Pato Branco, de Pato Branco (Sudoeste) propõe tornar obrigatória a exibição de vídeos educativos antidrogas, nas aberturas de shows, sessões de cinema, eventos culturais, feiras agropecuárias e similares com aglomeração de pessoas em âmbito nacional.
ENTUSIASMO - Os estudantes estão empolgados com a nova experiência. Para Mayk Morbekck do Nascimento Ploncoski, 16 anos, do 2º ano do Colégio Estadual Presidente Costa e Silva, de Foz do Iguaçu, será importante conhecer como é o trabalho dos deputados federais. “Será algo novo para nós. Essa experiência vai mudar nossa consciência na hora de votar”, disse.
“Conhecer a Câmara dos Deputados Federal será uma experiência importante para o nosso futuro. Vamos ver de perto como funciona o Parlamento”, disse Vitor Debastiani Valer, de 17 anos, do 3º ano do Colégio Estadual de Pato Branco.
PROGRAMA - O Parlamento Jovem Brasileiro é um programa anual da Câmara dos Deputados direcionado para alunos do ensino médio, de escolas públicas e particulares. O programa simula com os estudantes como é o trabalho dos deputados federais. Os estudantes inscrevem projetos de leis de âmbito nacional que tramitam por comissões e depois são levados ao plenário para que sejam votados.
Este ano, o programa Parlamento Jovem Brasileiro teve um recorde de projetos inscritos, ao todo foram 2.079 mil do Brasil inteiro. Destes, 78 foram escolhidos.
De acordo com a Câmara Federal, para participar os estudantes inscrevem os projetos nas suas escolas, que os enviam para avaliação e triagem das Secretarias Estaduais da Educação. Depois os projetos são encaminhados para a Câmara dos Deputados, onde uma comissão de analistas legislativos e outros servidores analisam e classificam cada um deles de acordo com critérios como originalidade, justificativa e clareza.
    SEJA o primeiro a comentar
  • Nome

    E-mail

    Escreva um comentário

Notícias de 'Estado'

Empreiteira Endeal Engenharia é homenageada pelo Ministério da Justiça

Nova lei assegura recursos para o programa de tarifa rural noturna

Mais Destaques
"Já foram 19 milhões que acessaram o site do Jornal Gazeta de Toledo- ISENÇÃO E VERDADE!"
(Eliseu Langner de Lima - diretor)
Enquete
Tempo Toledo
Cotações
Compra Venda
Dólar comer.
Euro (real)