Cultura

Propostas para a cultura serão discutidas hoje em conferência

| 30/08/2014 - 00:01

Será neste sábado, no auditório da prefeitura de Toledo, a II Conferência Municipal de Cultura. O evento, que será realizado na parte da tarde, visa discutir as propostas apresentadas durante as pré-conferências, que serviram de base para a elaboração de um documento com propostas para o Plano Municipal de Cultura (2015-2024). Durante as pré-conferências, representantes de vários segmentos ligados à cultura, apresentaram propostas de desenvolvimento para o seu setor. As inscrições serão realizadas a partir das 13h e o início dos trabalhos está marcado para as 13h30min.
Na Conferência serão apresentadas todas as propostas sugeridas durante as Pré-Conferências, realizadas em três finais de semana, em julho e agosto, e envolvendo diversos segmentos da cultura, como artes plásticas, cênicas, música, entre outros. “Nossa expectativa é de que várias pessoas participem, sejam elas ligadas ou não à cultura”, diz a secretária de Cultura, Geni Fabris. Cerca de 100 pessoas participaram das Pré-Conferências e estão automaticamente inscritas com direito a voz de voto na Conferência. Quem não fez a inscrição poderá realizar na hora.
O esboço do Plano Municipal de Cultura foi elaborado pela socióloga Moema Viezzer, que compilou todas as ideias das Pré-Conferências. Durante o evento também serão aceitas novas sugestões, as quais estarão sujeitas a aprovação. Segundo Geni, foram apresentadas várias propostas, mas a principal é a alteração da composição do Conselho Municipal de Cultura. Hoje ele é formado por 12 membros, mas a ideia é ampliar para 20. “Hoje o Conselho representa apenas 3 categorias, dos artesãos, poetas e escritores. Com o aumento da composição, outros segmentos poderão ser contempladas, como as artes cênicas e música”, diz. O esboço também tem entre as propostas a criação de um ateliê comunitário e a busca de apoio para implementação de cursos superiores de línguas e artes nas universidades públicas de Toledo.
Após a aprovação, será realizado um diagnóstico do Plano Municipal de Cultura e então encaminhado um Projeto de Lei para a Câmara de Vereadores, que deverá avaliar e sancionar o projeto. “A expectativa é que consigamos transformar isto em lei a partir do ano que vem, mas iremos priorizar a qualidade do nosso Plano e não a rapidez”, comenta. O Plano Municipal de Cultura terá duração de dez anos, mas pode ser revisto a qualquer momento. “Isto será um marco para a Cultura e tenho certeza que assim que aprovado, o Plano se tornará referência para outros municípios”, frisa.
    SEJA o primeiro a comentar
  • Nome

    E-mail

    Escreva um comentário

Notícias de 'Cultura'

Projeto itinerante usa teatro para conscientizar crianças no trânsito

Balé Teatro Guaíra abre as comemorações dos 50 anos

Living Legends traz espetáculo internacional para Foz do Iguaçu

Atrações culturais vão movimentar o fim de semana em Toledo

Artistas e produtores analisam mudanças na Lei Rouanet

Aquário Municipal estará fechado na sexta-feira Santa e no domingo de Páscoa

Exposições do MON estão entre as mais visitadas do mundo

Crianças comemoram Dia do Livro Infantil em Novo Sarandi

“Museu em Ação” leva público recorde ao Ecomuseu

Foz do Iguaçu faz parte do circuito de estreia do filme Los Silencios

Mais Destaques
"Já foram 19 milhões que acessaram o site do Jornal Gazeta de Toledo- ISENÇÃO E VERDADE!"
(Eliseu Langner de Lima - diretor)
Enquete
Tempo Toledo
Cotações
Compra Venda
Dólar comer.
Euro (real)